P U B L I C I D A D E

15 de novembro de 2017

Reabilitação e revitalização urbana:
Castelo de Vide presente em Viseu
na sessão de lançamento do IFRRU 2020

“Por convite da Estrutura de Gestão do IFRRU 2020 estiverem presentes na Sessão de Lançamento deste instrumento os dois elementos designados como pontos focais da Câmara Municipal de Castelo de Vide, no âmbito desta iniciativa. Numa cerimónia realizada em Viseu no dia 13 de Novembro, foi apresentado publicamente o Instrumento Financeiro para a Reabilitação e Revitalização Urbanas, designado por IFRRU 2020”.
“Esta sessão contou com as presenças de S. Exa. o Senhor Ministro do Ambiente, Eng. João Pedro Matos Fernandes, e de S. Exa. a Senhora Secretária de Estado da Habitação, Arq. Ana Pinho, tendo ainda sido intervenientes na referida sessão o Presidente da Câmara Municipal de Viseu e Vice-Presidente da Associação Nacional de Municípios Portugueses, Dr. António Almeida Henriques, a Presidente do Comité de Investimento do IFRRU 2020, Prof.ª Ana Abrunhosa, o responsável pela equipa de avaliação ex ante dos instrumentos financeiros no âmbito do Portugal 2020, Prof. Augusto Mateus, bem como o Presidente da Comissão Diretiva da Estrutura de Gestão do IFRRU 2020, Eng. Abel Mascarenhas”.
Instrumento financeiro de apoio
“O IFRRU 2020 é um instrumento financeiro destinado a apoiar investimentos em reabilitação urbana, que cobre todo o território nacional. Por forma a potenciar o investimento, o IFRRU 2020 reúne diversas fontes de financiamento, quer fundos europeus do PORTUGAL 2020, quer fundos provenientes de outras entidades como o Banco Europeu de Investimento e o Banco de Desenvolvimento do Conselho da Europa, conjugando-os com fundos da banca comercial”. 
Reabilitação urbana e eficiência energética
“Num único pedido de financiamento, podem ser apoiados, em condições mais favoráveis, o investimento na reabilitação urbana e na eficiência energética do imóvel a reabilitar, sem restrições na natureza da entidade que solicita o financiamento ou no uso a dar ao imóvel a reabilitar. Este pedido poderá ser apresentado junto da rede comercial dos bancos selecionados e em qualquer momento, isto é, sem fases prévias para apresentação dos pedidos de financiamento, e sem limites ao número de pedidos a realizar”.
“Importa reforçar que esta medida política anunciada por este Governo – caso se venha a verificar taxas vantajosas de juros sobre os empréstimos! – poderá ser uma solução para as entidades públicas e privados proprietários de imóveis inseridos nas ARU (Áreas de Reabilitação Urbana) terem uma viabilidade financeira que induza dinâmicas robustas de reabilitação dos Centros Históricos”.
Contactos locais
“Para mais informações, consulte o folheto síntese, ou contacte os pontos focais da Câmara Municipal de Castelo de Vide, no âmbito do IFRRU 2020: José Agostinho (Gabinete de Apoio à Presidência) e José Dias (Divisão Técnica de Obras e Urbanismo)”. © CMCV/NCV
Mais detalhes e informações sobre a ARU de Póvoa e Meadas AQUI e sobre a ARU de Castelo de Vide AQUI.
(Título e subtítulos da responsabilidade da redação do NCV)

Sem comentários: