Páginas

P U B L I C I D A D E

15 de abril de 2017

Mensagem pascal de D. Antonino Dias:
"Páscoa, a festa das festas"

Celebramos a Páscoa, a festa por excelência dos cristãos, a Festa das festas, a Ressurreição do Senhor. 
Para nós, os crentes, a Ressurreição de Cristo é o fundamento da nossa fé e vence a cultura da morte, do ódio, da tristeza, do vazio, da indiferença, da vida sem sentido. É a proclamação dos valores mais altos da conduta humana, é a vitória do primeiro e principal valor humano: a Vida. A Páscoa proclama a Boa Nova da Salvação, faz-nos sentir amados e perdoados por Deus rico em misericórdia, desafia-nos a abrir as portas do coração a Cristo Redentor que se deu por amor e constantemente se faz encontrado, convida-nos a reavivar o dom que está em nós, o dom do nosso batismo pelo qual mergulhamos na morte com Cristo e com Ele ressuscitamos para uma vida nova. Como filhos adotivos do Pai, membros de Cristo, templos do Espírito Santo e membros da Igreja, temos a feliz missão de sermos fermento, sal e luz no meio da comunidade humana, vivendo com alegria e esperança, fomentando a cultura do Amor: “Este é o meu mandamento: amai-vos uns aos outros como eu vos amei. Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a vida pelos seus amigos. Vós sois meus amigos se praticardes o que vos mando (…) Isto vos mando: amai-vos uns aos outros” (Jo 15, 12-14.17)
UM HINO DO OFÍCIO DAS HORAS
“Um novo coração me dá, Senhor,
O qual a Ti só tema, a Ti só ame,
A Ti, meu Deus, meu Pai, meu Redentor.

Por Ti suspire sempre, por Ti chame,
Por Ti me negue a mim e tudo negue,
Por Ti saudosas lágrimas derrame.

A Ti busque, a Ti ache, a Ti me entregue
Com tão intenso amor, com tal vontade
Que nunca mais de Ti me desapegue.

Ó bom Jesus, por Tua piedade,
Não Te escondas de mim, isto Te peço,
Que sem Ti tudo enfim é só vaidade.

Muito pedi, Senhor, pouco mereço,
Tão pouco que Te não mereço nada,
Se o Teu muito ao meu nada não dá preço.

Esta alma tantas vezes desviada
Do caminho do Céu, Tu encaminha,
Que, se por Ti não vai, vai muito errada,
Doce Jesus, doce esperança minha.”

+++++++++
Feliz Páscoa para todos, com muita alegria e paz.

D. Antonino Dias, bispo de Portalegre e Castelo Branco
14-04-2017

Sem comentários: