Páginas

P U B L I C I D A D E

30 de janeiro de 2012

António Ribeiro ordenou à EDP que desligasse candeeiros públicos fora do perímetro urbano


Foram desligados pela EDP os candeeiros de iluminação pública situados fora do perímeto urbano, a pedido expresso do Presidente da Câmara Municipal, António Ribeiro, que comunicou essa sua decisão à vereação logo na primeira reunião do Executivo Municipal do ano, no passado dia 4 de Janeiro. 
A razão de fundo alegada por António ribeiro reside no facto “do Município estar a dispender verbas muito elevadas e até insuportáveis para o orçamento municipal”.
O NCV sabe entretanto que o Executivo tem vindo a estudar com a EDP os horários de ligação (ao início da noite) e corte (de madrugada) da iluminação pública no sentido de acentuar as possibilidades de poupança de energia.
Gastos aumentaram 60%
De acordo com o autarca, em 2010 o Município de Castelo de Vide gastou na iluminação pública 81 144, 18 euros e em 2011 este valor subiu para 131 759,12 euros (mais 62,4%). 
Em paralelo com esta decisão e a sua comunicação ao Executivo, Antonio Ribeiro determinou que fosse efectuado um levantamento da situação factura a factura parase “averiguarem as razões de uma diferença tão grande”. Essa tarefa foi cometida ao técnico superior Clisante Gasalho. © NCV

Sem comentários: